custo do turnover

Como já abordamos o que é o Turnover, bem como suas motivações e como evitá-lo, é hora de entender o custo do Turnover e o que ele realmente representa para sua empresa.

Calcular a proporção das “entradas e saídas” de funcionários, é essencial para a determinação de estratégias de gerenciamento de pessoas dentro de qualquer empresa, desde treinamentos até programas de retenção de talentos.

Se você deseja mudar a realidade de sua empresa, comece por analisar e controlar os seus indicadores de Turnover. Conhecendo os custos e motivos, é possível reduzi-los, melhorando todo o processo.

Como calcular o custo do Turnover?

Para encontrar o custo do Turnover na sua empresa é preciso analisar o processo desde o momento em que uma vaga é aberta. As despesas básicas são:

Custos de desligamento de colaboradores

No momento da saída de um colaborador, também devem ser considerados os custos de rescisão e taxas demissionais.

Custo de cobertura da vaga

Quando um funcionário é perdido, inicia-se um processo de seleção e, enquanto essa vaga não for preenchida, você terá que substituí-la de alguma forma. Ou seja, outros colaboradores passarão a cumprir obrigações emergenciais, resultando em custo por queda de produtividade.

Custo da contratação

Do mesmo modo, não podemos ignorar as despesas relacionadas ao processo de contratação. Desde os custos de divulgação de vagas até às despesas e horas pagas aos profissionais responsáveis pela seleção;

Custo de treinamentos

Além disso, quando um novo colaborador é contratado, encontramos gastos relacionados ao seu treinamento e capacitação. Ainda, não podemos esquecer que sua produtividade somente será completa após algum tempo do período de adaptação.

Os custos do Turnover podem ser encontrados através da soma de todos os custos de desligamento, cobertura de vaga, contratação e treinamentos.

Conclusão

Portanto, cuidar bem de quem está na sua empresa e contratar as pessoas certas é de extrema importância. Pois, ao contrário do que dizem, substituir colaboradores gera mais gastos do que cuidar dos antigos.